quinta-feira, 25 de março de 2010

Iniciando uma obra

Planejar o início da obra envolve diversas atividades, as quais tentarei ordenar abaixo.

Limpeza do terreno:
Contrate uma empresa para limpar o terreno e se seu terreno for plano, executar a terraplenagem (caso seu terreno e projeto exijam uma terraplenagem mais "elaborada", você pode optar por executá-la após a marcação da obra).

Pedidos de ligação de água e energia:
Para a ligação de água, é necessário a construção de um abrigo e a instalação de um cavalete com o registro, dentro das normas da concessionária local.
Para a ligação de energia, você deverá saber qual o padrão de entrada adequado para sua instalação e preencher um pedido com diversas informações sobre sua obra.
Em algumas cidades a ligação demora mais do que o previsto (ano passado, aqui em Ribeirão Preto, esperei por três meses a ligação de água para uma obra). Caso isso ocorra e não seja possível esperar por tanto tempo, converse com seu vizinho e se ele não se incomodar em emprestar, acerte a diferença de valores em sua conta no fim do mês.

Organização do canteiro de obras e construção de depósito para materiais:
Um canteiro de obras bem organizado contribui para evitar o desperdício de materiais. Para a construção do depósito escolha um local que facilite a descarga de materiais e onde ele possa permanecer até o fim da obra sem atrapalhar os trabalhos. Esta construção pode ser feita de madeira, mas o ideal é que seja feita de alvenaria de tijolos de barro, por seu baixo custo e pelo seu reaproveitamento. Na cobertura, utilize telhas de fibrocimento, que exigem menos madeiramento e também são baratas.
Não se esqueça de construir junto ao depósito, um banheiro para funcionários.

Compra e armazenamento de materiais:
Ao comprar qualquer tipo de material, certifique-se de que seja de qualidade.
Programe a entrega para não desperdiçar o material no canteiro e oriente a mão de obra quanto ao uso e ao transporte dos materiais na obra.
Para a areia e pedra, providencie um cercado de madeira para que a chuva não leve embora parte de seu dinheiro.
Quanto aos blocos, separe-os por tipo (largura, comprimento e espessura) e faça pilhas "amarradas", nunca com altura superior a 2 metros, em área plana, preferencialmente próximo ao local de transporte.
Cimento e cal não devem ficar em contato com o solo, pois a umidade pode modificar sua composição.

Os trabalhos acima fazem parte da etapa denominada "Serviços Preliminares", e correspondem a uma pequena parcela do orçamento da obra.

Para quem está pensando em começando a construir, segue uma estimativa de gastos para cada fase da obra:

Projetos e aprovação - 5 a 12%
Serviços preliminares (limpeza do terreno, terraplenagem, canteiro de obras, ligações de água e energia) - 2 a 4%
Fundação - 3 a 7%
Estrutura - 14 a 22%
Alvenaria - 2 a 5%
Cobertura - 4 a 8%
Instalação elétrica - 5 a 7%
Instalação hidráulica - 7 a 11%
Impermeabilização e isolamento térmico - 2 a 4%
Esquadrias - 4 a 10%
Revestimentos e acabamentos - 15 a 32%
Vidros - 1 a 2,5%
Pintura - 4 a 6%
Serviços complementares (limpeza da obra, etc) - 0,5 a 1%


Fonte:
Revista Arquitetura & Construção
Revista Construção do começo ao fim

Nenhum comentário:

Postar um comentário